PRÓXIMOS ESPECTÁCULOS : Sandwich & Snack Show (13/03-14/03)Hostelco Barcelona (18/03 - 21/03)

Procurar
Procurar

Condições gerais de venda

A SUSHI ROBOTS (a seguir designada "a Sociedade") é uma sociedade anónima simplificada (société par actions simplifiée) com um único acionista e um capital de 10.000 euros, com sede social em ZAC D'Aytré, 21 Rue Lavoisier 17440 AYTRÉ, França, e está registada no Registre du Commerce et des Sociétés sob o número 813 046 281.

A atividade da empresa, em França e na Europa, consiste na importação e distribuição de máquinas automáticas (a seguir designadas por "Produtos") para o mercado da restauração étnica, principalmente japonesa. Oferece igualmente serviços de manutenção e de apoio (os "Serviços").

O objetivo destas GCS é definir todas as condições em que a Empresa comercializa os seus Produtos.

Os Produtos propostos para venda estão igualmente disponíveis no sítio Web publicado pela Empresa, disponível no seguinte endereço www.sushi-robots.eu. São aplicáveis a qualquer encomenda (a seguir designada por "encomenda") de produtos efectuada pelo Cliente.

Estas CGV definem igualmente o enquadramento jurídico da relação entre a Sociedade e os seus clientes (doravante designados por "Clientes"). A Sociedade e o Cliente são doravante designados conjuntamente por "Partes" e individualmente por "Parte".

O Cliente declara que leu e aceitou as presentes Condições Gerais de Venda, bem como quaisquer Condições Especiais de Venda relativas a um Produto ou Serviço, antes de efetuar uma Encomenda.

Na ausência de aceitação expressa, qualquer condição em contrário estabelecida pelo Cliente será, por conseguinte, inaplicável à Sociedade, independentemente do momento em que possa ter sido levada ao seu conhecimento.

O facto de a Empresa não recorrer a qualquer disposição destas CG num determinado momento não pode ser interpretado como uma renúncia ao direito de recorrer a qualquer disposição destas CG numa data posterior.

A Empresa pode ser contactada no endereço indicado no topo do presente documento, por correio eletrónico para o seguinte endereço contact@sushi-robots.eupelo telefone 05 16 07 39 09 ou através do formulário de contacto disponível no Sítio.

ARTIGO 1.º: OBJECTIVO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO

As presentes condições gerais de venda aplicam-se a todos os produtos e serviços propostos pela Sociedade e que constituem o objeto de uma encomenda efectuada pelo Cliente, independentemente das condições gerais de compra do Cliente.

Qualquer encomenda de produtos é comprovada pela assinatura de uma cotação emitida pela Sociedade e proposta ao Cliente (a seguir designada por "Cotação") e implica a aceitação sem reservas das disposições das presentes CGV. As CGV são anexadas a cada Cotação enviada ao Cliente pela Sociedade.

A Empresa reserva-se o direito de adaptar ou modificar as presentes CGV em qualquer altura. Em caso de alteração, as CGV em vigor à data da Encomenda aplicar-se-ão a cada Encomenda. A menos que as alterações sejam devidas a obrigações legais ou administrativas, o Cliente será avisado com antecedência razoável antes da aplicação das CGV actualizadas.

A última versão disponível das presentes CGV prevalece, se for caso disso, sobre qualquer outra versão das presentes CGV.

ARTIGO 2.º: ACORDO COMPLETO

Na ausência de uma Cotação assinada pelas Partes, as disposições das presentes CGV exprimem a totalidade do acordo entre os Clientes e a Sociedade. Prevalecem sobre qualquer proposta, troca de cartas anterior ou posterior à celebração das presentes CGV, bem como sobre qualquer outra disposição que conste dos documentos trocados entre as Partes e relativos ao objeto das CGV, salvo alteração devidamente assinada pelos representantes das duas Partes.

Os orçamentos podem incluir condições especiais que contradizem ou clarificam as disposições das CGV. Se a Cotação tiver sido assinada pelas Partes, prevalecerá sobre as presentes CGV.

Ao assinar a Cotação, o Cliente reconhece ter lido e aceite os termos das presentes CGV na sua totalidade e sem limitações, incluindo as condições de pagamento, a política de reembolso da Empresa e todas as leis e regulamentos aplicáveis.

ARTIGO 3.º: ENCOMENDA DE PRODUTOS - COTAÇÃO

As características principais dos Produtos e, nomeadamente, as suas especificações, características, dimensões e capacidade, constam das fichas de produto, que o Cliente deve ler antes de efetuar uma encomenda.

A escolha e a compra de um Produto são da exclusiva responsabilidade do Cliente.

As ofertas de produtos estão sujeitas à disponibilidade, tal como especificado aquando da encomenda.

O Cliente reconhece ter sido informado pela Sociedade que os preços dos Produtos apresentados não incluem os custos de processamento, expedição, transporte e entrega dos Produtos encomendados, que são facturados e calculados na Cotação enviada ao Cliente pela Sociedade antes de o Cliente efetuar a Encomenda.

Cada Encomenda efectuada será validada pela Sociedade, após verificação da disponibilidade do Produto pretendido e das informações necessárias à entrega e à faturação. A Sociedade confirmará então a Encomenda emitindo uma Cotação com base nas informações fornecidas pelo Cliente.

A Proposta é gratuita e enviada ao Cliente por qualquer meio. Especifica, nomeadamente, as características dos Produtos encomendados, o modo de determinação do preço e os prazos de entrega previstos para os referidos Produtos.

Para confirmar a sua Encomenda de forma firme e definitiva, o Cliente deve validar a Encomenda ou assinar o Orçamento e seguir as instruções de pagamento dos Produtos e/ou Serviços, cujo montante é indicado no Orçamento. O contrato será validamente celebrado entre a Sociedade e o Cliente quando a Encomenda tiver sido validada ou o Orçamento assinado e o pagamento tiver sido recebido pela Sociedade, vinculando-os assim de forma irrevogável.

ARTIGO 4.º: PREÇOS E DISPONIBILIDADE

4.1 Os Produtos são vendidos aos preços indicados na Cotação e são fornecidos aos preços em vigor no momento da Encomenda e dentro do período de validade definido pela Cotação.

Os preços são indicados em euros sem IVA. As condições financeiras e os pormenores dos preços constam do orçamento.

Os preços indicados, em vigor no momento da assinatura do orçamento pelo cliente, são vinculativos.

A Sociedade tem o direito, depois de informar o Cliente, de aumentar os seus preços e/ou de não entregar os Produtos na data indicada na Cotação, nos casos em que o Cliente, após a assinatura da Cotação, pretenda alterar o âmbito da sua Encomenda. Qualquer imposto que a Sociedade seja obrigada a pagar para além da Encomenda será cobrado ao Cliente, exceto se este apresentar um certificado de isenção fiscal adequado.

4.2 O Cliente pode informar a Empresa, a qualquer momento, que deseja encomendar um ou mais Produtos ou Serviços adicionais. Neste caso, a Sociedade envia ao Cliente um orçamento adicional no prazo de trinta (30) dias de calendário a contar da data de transmissão da manifestação de necessidade.

4.3 Qualquer decisão de conceder um desconto, redução ou aplicação de taxas degressivas, com base numa percentagem ou numa taxa fixa, fica ao critério exclusivo da Empresa. Quaisquer descontos ou reduções que possam ser concedidos ao Cliente não criam, em caso algum, um direito adquirido para as Encomendas posteriores.

Em caso de atraso no pagamento das somas devidas pelo Cliente após os prazos estabelecidos, serão automaticamente cobradas à Empresa, sem quaisquer formalidades ou aviso prévio, penalidades por atraso de pagamento calculadas à taxa de juros aplicada pelo Banco Central Europeu à sua mais recente operação de refinanciamento, acrescida de 10 pontos percentuais, sobre o montante, incluindo impostos, do preço das Encomendas que constam da referida fatura, serão automaticamente cobrados à Empresa, sem quaisquer formalidades ou aviso prévio, e resultarão no pagamento imediato de todas as quantias devidas à Empresa pelo Cliente, sem prejuízo de qualquer outra ação que a Empresa possa tomar contra o Cliente a este respeito. Qualquer Cliente que se atrase no pagamento será automaticamente obrigado a pagar à Empresa uma indemnização fixa de 40 euros pelos custos de cobrança.

ARTIGO 5.º: CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

Os Produtos e Serviços encomendados pelo Cliente são pagos na totalidade aquando da realização da Encomenda.

A Sociedade oferece ao Cliente a possibilidade, após análise do seu pedido, de beneficiar de um contrato de locação financeira, que lhe permite escalonar o pagamento da sua Encomenda numa base mensal, de acordo com as condições definidas no Orçamento proposto.

O pagamento das encomendas efectuadas pode ser feito por cartão de crédito, transferência bancária ou cheque à ordem da Sociedade. Os dados bancários da Sociedade constarão de cada orçamento e fatura.

O Cliente garante à Sociedade que possui as autorizações necessárias para utilizar o meio de pagamento aquando da realização da Encomenda.

A Sociedade reserva-se o direito de suspender ou anular qualquer execução e/ou entrega de uma Encomenda, independentemente da sua natureza e do seu nível de execução, em caso de não pagamento ou de pagamento parcial de qualquer montante devido pelo Cliente à Sociedade, em caso de incidente de pagamento, ou em caso de fraude ou de tentativa de fraude relativa ao pagamento de uma Encomenda.

ARTIGO 6.º: RESERVA DE PROPRIEDADE

Os produtos são vendidos sob reserva de reserva de propriedade até ao seu pagamento integral. Por pagamento entende-se o pagamento do preço dos Produtos, dos custos associados à venda e dos juros. Assim, em caso de não pagamento, o Cliente deve, por sua conta e risco, devolver os Produtos não pagos, oito (8) dias após a notificação formal por carta registada com aviso de receção, sem resposta.

Neste caso, a venda será automaticamente anulada na data do pedido de devolução. Apesar da aplicação desta cláusula de reserva de propriedade, o Cliente assume os riscos a partir da data de entrega/recolha dos Produtos.

ARTIGO 7.º: ENTREGA DE PRODUTOS

7.1 Os produtos propostos para venda pela Empresa podem ser entregues em qualquer país da União Europeia.

Todas as informações relativas ao custo de entrega dos Produtos estão disponíveis diretamente no Sítio e/ou na Cotação assinada pelas Partes.

No entanto, o Cliente reconhece ter sido informado de que os custos de importação dos Produtos são fixados pelos diferentes transportadores e, por conseguinte, variam em conformidade.

O Cliente deve assegurar-se de que as informações fornecidas à Sociedade aquando da realização da Encomenda estão correctas e que assim se mantêm até à receção total do(s) Produto(s) ou Serviço(s) encomendado(s).

O Cliente compromete-se, por conseguinte, a informar a Sociedade de qualquer alteração dos dados de faturação e/ou de entrega que possa ocorrer entre a Encomenda e a entrega, enviando sem demora um e-mail para o seguinte endereço contact@sushi-robots.eu.

Caso contrário, em caso de atraso, falha e/ou erro na entrega, o Cliente não poderá, em caso algum, responsabilizar a Empresa, e o serviço de apoio ao cliente da Empresa entrará em contacto com o Cliente para organizar uma segunda entrega a expensas do Cliente.

O Produto será entregue no endereço de entrega indicado pelo Cliente, mediante a apresentação de um recibo assinado pelo Cliente.

7.2 O Cliente é informado, por qualquer meio, da expedição da sua Encomenda. Se o Cliente não receber os Produtos encomendados no prazo indicado na Cotação, o Cliente deve instruir a Sociedade para efetuar a entrega num prazo suplementar razoável.

Se a Sociedade não cumprir este prazo, o Cliente pode anular a Encomenda enviando uma carta registada com aviso de receção para o endereço indicado no topo do presente documento. Se a carta chegar à Sociedade depois de a Encomenda ter sido entregue, a anulação não será tida em conta. Se for caso disso, a Sociedade dispõe de um prazo de catorze (14) dias para proceder ao reembolso da Encomenda.

7.3 Ao efetuar a Encomenda, o Cliente compromete-se a receber os Produtos encomendados no endereço de entrega indicado. O Cliente deve poder provar a sua identidade para receber a Encomenda.

Além disso, é da responsabilidade direta do cliente verificar se os produtos se encontram em perfeitas condições no momento da entrega. Se não for esse o caso, o Cliente deve exprimir diretamente as suas reservas expressas e precisas/detalhadas na guia de remessa do transportador na presença do transportador e confirmar essas reservas por carta registada com aviso de receção no prazo de três (3) dias a contar da entrega, em conformidade com o artigo L 133-3 do Código Comercial francês, sendo a data indicada na guia de remessa considerada como prova.

A Sociedade não é responsável por qualquer dano causado aos produtos. Apenas o prestador de serviços de entrega será responsável ao abrigo das apólices de seguro subscritas.

Os riscos de perda ou deterioração dos Produtos, bem como todos os riscos associados à sua existência ou utilização, são transferidos para o Cliente a partir do momento da entrega, validada pela assinatura do Cliente na guia de remessa.

7.4 O prazo de entrega previsto para os Produtos será indicado no Orçamento validado pelas Partes. Este prazo de entrega estimado começa a contar a partir da receção do pagamento do Cliente e da receção de todos os documentos e informações necessários, e só pode ocorrer se o Cliente tiver honrado as suas obrigações no âmbito das presentes CGU.

O prazo de entrega dos Produtos varia em função das necessidades do Cliente e qualquer pedido de modificação efectuado pelo Cliente prolongará o prazo de entrega.

A Empresa compromete-se a estar preparada e organizada para poder gerir o volume previsto e cumprir os prazos de entrega estimados e acordados entre as Partes.

No entanto, estes prazos de entrega são dados apenas a título indicativo. Por conseguinte, qualquer atraso razoável na entrega dos produtos não confere ao cliente o direito de anular a encomenda ou de recusar a entrega dos produtos.

ARTIGO 8.º: ANULAÇÃO DA ENCOMENDA

A Encomenda do Cliente exprime de forma irrevogável o seu consentimento total e incondicional.

Uma vez validada a Encomenda ou devolvido o Orçamento pelo Cliente, este não poderá anular a Encomenda, exceto se expressamente acordado pela Sociedade.

Qualquer das Partes pode rescindir a encomenda de pleno direito em caso de incumprimento de uma das obrigações que incumbem à outra Parte, na sequência de uma notificação formal enviada por carta registada com aviso de receção, que tenha permanecido sem efeito durante um período de trinta (30) dias a contar da receção.

A anulação de uma encomenda por uma Parte nos termos da presente cláusula não afecta o seu direito de exigir uma indemnização.

Qualquer obrigação de pagamento decorrente de uma entrega do Produto efectuada, ou em curso, antes da rescisão, deve ser paga pelo Cliente o mais rapidamente possível após a referida rescisão. Se for caso disso, a fim de facilitar a contabilidade entre as Partes, a Sociedade elaborará um relatório sobre o estado dos Produtos fornecidos e entregará uma cópia ao Cliente.

ARTIGO 9.º: OBRIGAÇÕES MÚTUAS

9.1 Obrigações da empresa

A empresa presta especial atenção à qualidade dos seus produtos e controla cuidadosamente a qualidade dos produtos que comercializa.

A Sociedade compromete-se a informar o Cliente de qualquer evento que possa comprometer o fornecimento do Produto encomendado pelo Cliente, incluindo se este evento for imputável a um terceiro. A Sociedade compromete-se a utilizar todos os meios necessários para entregar o Produto nas condições indicadas no Orçamento e no Sítio.

Durante a vigência das presentes CGV, a Sociedade compromete-se a informar regularmente o Cliente de todas as informações úteis de que tenha conhecimento.

9.2 Obrigações dos clientes

O Cliente compromete-se a respeitar as leis e regulamentos em vigor e a não infringir os direitos de terceiros ou a ordem pública.

Consequentemente, o Cliente assume total responsabilidade pela exatidão, integridade, legalidade, fiabilidade e atualidade das informações transmitidas à Empresa ao abrigo das presentes CGV.

O Cliente reconhece que a Empresa não pode, em caso algum, ser responsabilizada no caso de as informações transmitidas não estarem isentas de direitos ou violarem os direitos de terceiros. A este respeito, o Cliente garante à Empresa que pagará qualquer condenação, custos e honorários cobrados ou suportados pela Empresa para se defender em resultado do incumprimento do Cliente.

ARTIGO 10º: DEVER DE INFORMAÇÃO DAS PARTES

As Partes comprometem-se a comportar-se mutuamente como parceiros sérios e leais, agindo de boa fé e, em especial, a notificarem-se mutuamente, sem demora, de quaisquer dificuldades que possam encontrar no âmbito das presentes CGV.

Nestas condições, a Sociedade compromete-se a responder sem demora a qualquer pedido de informação do Cliente.

O Cliente compromete-se, durante toda a vigência das presentes CGV, a informar regularmente a Empresa de todas as informações que possam contribuir para o bom cumprimento do objeto das CGV e de que venha a ter conhecimento durante a sua execução. As informações comunicadas pelo Cliente à Empresa devem ser exactas, exaustivas e actualizadas.

ARTIGO 11º: GARANTIAS JURÍDICAS E COMERCIAIS

11.1 Garantias jurídicas

11.1.1 Artigo 1641.º do Código Civil francês: "O vendedor é responsável pelos defeitos ocultos da coisa vendida que a tornem imprópria para o uso a que se destina, ou que prejudiquem esse uso de tal modo que o comprador não a teria comprado, ou apenas teria pago um preço inferior, se deles tivesse conhecimento".

Artigo 1648º do Código Civil, primeiro parágrafo: "A ação resultante de vícios redibitórios deve ser intentada pelo adquirente no prazo de dois anos a contar da descoberta do vício.

Se um Cliente considerar que recebeu um Produto que considera defeituoso ou não conforme com a Encomenda, deve contactar a Empresa, indicando o defeito, no prazo de quarenta e oito (48) horas úteis após a receção da Encomenda, através do seguinte endereço eletrónico: contact@sushi-robots.eu ou por correio registado com aviso de receção para o seguinte endereço: Sushi Robots, 21 rue Lavoisier, 17440 Aytré, França.

Cabe ao Cliente justificar a designação dos defeitos aparentes e/ou anomalias observadas. O Cliente deve dar à Empresa todas as oportunidades para verificar esses defeitos ou não-conformidades e para os corrigir, se necessário. O Cliente deve abster-se de intervir ele próprio ou de fazer intervir um terceiro para esse efeito.

Se os defeitos e/ou anomalias forem confirmados pela Sociedade, esta enviará ao Cliente as suas instruções sobre como proceder após ter tomado conhecimento da reclamação assim formulada e, se necessário, procederá à substituição do Produto cuja falta de conformidade ou defeito a Sociedade tenha sido levada a constatar.

Em caso de impossibilidade de troca do Produto, a Empresa é obrigada a reembolsar o Cliente no prazo de catorze (14) dias a contar da receção do Produto. O reembolso será efectuado à discrição da Empresa, por crédito na conta bancária do Cliente, podendo o Cliente optar por outro método de reembolso.

11.1.2 No entanto, a Sociedade declina qualquer responsabilidade no caso de o Cliente não respeitar as condições de utilização dos Produtos encomendados, nomeadamente se os Produtos :

- Não foram transportados e armazenados corretamente;

- Ter sofrido uma manutenção deficiente, uma utilização inadequada, um desgaste anormal, como pancadas, arranhões, etc.

11.2 Garantia comercial

11.2.1 A Sociedade concede expressamente ao Cliente uma garantia comercial de reparação do Produto encomendado, válida na França metropolitana, por um período de doze (12) meses (a seguir designada "Garantia").

ARTIGO 12º: RESPONSABILIDADE

A Sociedade toma todas as medidas adequadas para garantir que o Cliente receba Produtos de qualidade em condições óptimas. No entanto, a Sociedade não poderá, em caso algum, ser responsabilizada por qualquer incumprimento ou má execução da totalidade ou de parte das obrigações previstas nas presentes CGV, imputável quer ao Cliente, quer a um ato imprevisível e insuperável de um terceiro alheio ao contrato, ou a um caso de força maior. De uma forma mais geral, em caso de responsabilidade da Sociedade, esta não poderá, em caso algum, aceitar indemnizar o Cliente por danos indirectos ou danos cuja existência e/ou quantum não estejam comprovados.

O Cliente tem pleno conhecimento das disposições do presente artigo e, nomeadamente, das garantias e limitações de responsabilidade acima referidas, que constituem condições essenciais sem as quais a Sociedade nunca teria celebrado um contrato.

ARTIGO 13º: DADOS PESSOAIS

Em conformidade com a Lei de Proteção de Dados de 6 de janeiro de 1978 e a Diretiva Europeia de Proteção de Dados (RGPD), o Cliente é informado de que são necessárias certas informações obrigatórias para permitir à Empresa processar e executar as Encomendas.

Estas informações obrigatórias, cuja falta bloqueia o processo de encomenda, são as seguintes

- Nome ;

- Nomes próprios ;

- Endereço postal completo ;

- Endereço eletrónico ;

- Número de telefone ;

A Empresa recolhe dados pessoais apenas em conformidade com os termos das presentes CGV e com quaisquer instruções legais e razoáveis dadas pelo Cliente.

A Sociedade implementará todas as medidas técnicas e organizacionais necessárias para garantir a proteção dos dados pessoais. A Sociedade compromete-se a limitar, desde o início, a quantidade de dados pessoais tratados.

Se a Empresa tiver conhecimento de uma violação de direitos relacionada com o tratamento de dados pessoais, esta violação será notificada à CNIL num prazo máximo de setenta e duas (72) horas.

Qualquer violação relacionada com o tratamento de dados pessoais será notificada à parte interessada por correio eletrónico no prazo de um (1) mês.

Cada Parte adoptará as medidas técnicas e organizativas adequadas para evitar o tratamento não autorizado ou ilícito de dados pessoais ou a sua perda, destruição ou deterioração acidental.

Os dados pessoais fornecidos serão destruídos o mais tardar um (1) ano após a entrega dos Produtos. A Empresa reserva-se o direito de conservar determinados dados para justificar, se for caso disso, o cumprimento integral das suas obrigações contratuais ou legais.

Direitos de acesso, modificação, oposição, portabilidade e supressão

Em todos os casos, qualquer pessoa interessada tem o direito de aceder, alterar, opor-se, portar e apagar os dados pessoais que lhe digam respeito, enviando uma carta para o endereço indicado no preâmbulo das presentes condições gerais, indicando o seu apelido, nome próprio, endereço eletrónico e endereço postal.

Em conformidade com a regulamentação em vigor, todos os pedidos devem ser assinados e acompanhados de uma fotocópia de um documento de identidade com a assinatura da pessoa em causa. A pessoa em causa poderá obter os seus dados pessoais num formato aberto e legível. O direito à portabilidade limita-se aos dados fornecidos.

Aplica-se com base no consentimento prévio. A Empresa compromete-se a transferir, mediante pedido, no prazo de um (1) mês, qualquer documento que contenha dados pessoais para a pessoa em causa, a fim de poder implementar o direito à portabilidade. O custo da recuperação dos dados é suportado pela pessoa em causa.

ARTIGO 14º: NULIDADE PARCIAL

Se qualquer disposição destes TCG for considerada inválida ou não aplicável por qualquer tribunal ou autoridade administrativa, as restantes disposições dos TCG não serão afectadas ou alteradas de forma alguma.

ARTIGO 15º: RENÚNCIA

Nenhuma renúncia por qualquer das Partes, expressa ou implícita, parcial ou de outra forma, temporária ou de outra forma, de qualquer violação de qualquer disposição dos presentes TCGV, será interpretada como uma renúncia por qualquer das Partes, em qualquer outro momento, de qualquer violação ou incumprimento dessa disposição ou de qualquer disposição dos TCGV.

Do mesmo modo, nenhuma renúncia de uma das Partes a condenar o comportamento da outra será considerada como uma renúncia da referida Parte a invocar o facto de que qualquer recorrência desse comportamento constitui uma violação das presentes CGV.

ARTIGO 16º: TÍTULOS

Em caso de dificuldade de interpretação entre o título e o capítulo de qualquer um dos Artigos e de qualquer uma das Cláusulas, considera-se que os títulos não foram escritos.

ARTIGO 17º: EXAUSTIVIDADE

As disposições das presentes CGV exprimem a totalidade do acordo entre os Clientes e a Sociedade. Prevalecem sobre qualquer proposta, troca de correspondência anterior ou posterior à celebração das presentes CGV, bem como sobre qualquer outra disposição constante dos documentos trocados entre as partes e relativos ao objeto das CGV, salvo alteração devidamente assinada pelos representantes das duas partes.

ARTIGO 18º: FORÇA MAIOR

Nenhuma das Partes será responsável perante a outra por qualquer perda e/ou dano sofrido em consequência de força maior, definida como qualquer acontecimento imprevisível, irresistível e externo às Partes, bem como qualquer ato de Deus ou causas externas, tais como conflitos laborais, intervenção de autoridades civis ou militares ou catástrofes naturais, tal como definidas no Código Civil.

As Partes informar-se-ão mutuamente por escrito da ocorrência de um caso de força maior e colaborarão para limitar as suas consequências e duração.

Durante o período de duração do evento de força maior, a execução do presente Contrato será suspensa. Se esta interrupção for superior a trinta (30) dias, o contrato celebrado entre a Sociedade e o Cliente pode ser rescindido por uma das Partes sem indemnização de qualquer das partes.

ARTIGO 19º: LITÍGIOS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

As presentes condições gerais de venda são regidas e interpretadas de acordo com a legislação francesa, sem consideração dos princípios de conflito de leis.

Em caso de litígio decorrente da interpretação e/ou da execução das presentes Condições Gerais ou relacionado com qualquer compra e/ou tentativa de compra, as Partes acordam em submeter-se a um procedimento de mediação convencional ou a qualquer outro método alternativo de resolução de litígios.

Qualquer litígio que não possa ser resolvido amigavelmente entre as Partes relativamente à interpretação, execução ou cessação dos presentes TCGV será submetido por qualquer das Partes à jurisdição exclusiva dos tribunais da jurisdição da sede da Empresa.

Subscrever a nossa newsletter