PRÓXIMOS ESPECTÁCULOS : Sandwich & Snack Show (13/03-14/03)Hostelco Barcelona (18/03 - 21/03)

Procurar
Procurar

Atum a 130 900 euros no primeiro dia do mercado japonês!

O peixe mais popular para sushi na Europa é, sem dúvida, o salmão. Ganhou esta popularidade depois de o governo norueguês o ter promovido no mercado japonês na década de 1970, quando ninguém estava a pensar em usá-lo para sushi. Mas no Japão, o atum continua orgulhosamente no topo da lista de sushi, especialmente na parte oriental do país.

As origens

Todos os anos, no Japão, no primeiro dia do mercado, são leiloados cerca de cem atuns. O atum vendido ao preço mais elevado é designado por "Ichiban Maguro".

A 5 de janeiro de 2022, um atum inteiro de 211 kg bateu o recorde do leilão com um preço de 16 880 000 ienes, ou seja, 130 900 euros. Parece muito dinheiro por um peixe. No entanto, este valor é inferior ao do ano passado, provavelmente devido à situação atual do mundo.

Thon enchères

Todos os anos, o preço de compra do Ichiban Maguro no Mercado de Peixe de Toyosu, em Tóquio, anteriormente conhecido como Mercado de Tsukiji, faz manchetes simplesmente porque o montante gasto se tornou astronomicamente elevado. O leilão mais elevado alguma vez registado teve lugar em 5 de janeiro de 2019. Atingiu a impressionante soma de 336 600 000 ienes, ou seja, 2 759 016 euros...

Quem ganha o leilão?

Em 2021 e 2022, o concurso foi ganho pelo Sr. Onodera, sócio do mercado Yamayuki e do grupo de restaurantes com estrelas Michelin.

De 2012 a 2019, foi o Sr. Kiyomura, proprietário da cadeia de restaurantes Sushizanmai, que ganhou o leilão. Foi ele próprio que comprou um atum pelo preço recorde de 2,76 milhões de euros em 2019. O seu historial tornou a sua cadeia de restaurantes muito famosa, e ainda hoje continua a colher os frutos.

Tendência de preços do Ichiban Maguro :

20 g de atum por 496 euros!

Voltemos agora a 2019 e façamos umas contas. O Sr. Kiyomura pagou 2,76 milhões de euros por um atum de 276 kg. O custo por quilo é, portanto, de 9 928 euros. 

Diz-se que a taxa de desperdício de um atum fresco inteiro é de cerca de 60 %. Isto significa que o peso da parte utilizável do atum é de apenas 110 kg, o que significa que o custo real por kg é de 24,811 euros. Supondo que tudo isto se transforma em Nigiri, e que o peso por peça é de 20g, o custo por peça seria de 496 euros!  

Em 2022, o atum do Sr. Onodera custaria cerca de 33 euros por unidade de 20g.

O restaurante está a dar lucro?

É claro que o restaurante não tem lucro porque não poderia servir o seu sushi ao preço acima indicado. 

O Sr. Onodera, o vencedor deste ano, venderá provavelmente o seu sushi de atum a um preço ligeiramente superior ao do sushi habitual, mas de modo algum ao preço real do atum que comprou. O vencedor do leilão sabe muito bem que se trata, de facto, de um prejuízo. Afinal de contas, é para celebrar o início do ano! O facto de o seu nome aparecer nos jornais significa que mais pessoas sabem da sua existência e justifica o dinheiro que gastou. É uma tática de marketing!

Ichiban Maguro, um amuleto da sorte!

No Japão, a palavra "Engi-mono 縁起物" é utilizada para se referir a "algo que traz boa sorte".

Muitas coisas são, e podem ser, "Engi-mono". Os pratos preparados para o Ano Novo que supostamente trazem sorte, prosperidade e saúde podem ser considerados "Engi-mono". Um prato que tenha sido abençoado por um monge também pode ser um "Engi-mono".

Segundo a tradição, o Ichiban Maguro é um "Engi-mono" muito especial, que vale o preço que se pode pagar.

Se o puder servir no seu restaurante, estará a trazer boa sorte, e as pessoas estarão à espera, com a respiração suspensa, de ter a sua parte deste peixe. É claro que o atum em si é de excelente qualidade, mas é o valor acrescentado da sorte que as pessoas apreciam. É por isso que os preços incrivelmente elevados se justificam por um só atum inteiro.

E os pescadores?

Pêcheurs thon

Quase todo o atum fresco destinado ao mercado provém do extremo norte da ilha principal do Japão, ao largo de Ohma, em Aomori. A captura do Ichiban Maguro é obviamente um acontecimento muito honroso e um bom presságio para os pescadores. Muitas famílias de pescadores da região arriscam as tempestades de inverno na esperança de capturar este atum. Em 2022, foi o Sr. Kikuchi de Aomori que o pescou.

Por se ter atrevido a enfrentar as águas agitadas do inverno e ter passado noites no barco, o pescador ganhou 89 % do valor do leilão. Assim, o Sr. Kikuchi ganhou cerca de 116 500 euros durante a noite. Um bom motivo para festejar o Ano Novo.

O mercado de Toyosu recebe uma parte de 5,5 %. Os restantes 5,5 % vão para a associação regional de pescadores e para a lota local a que o pescador pertence.

A venda deste atum traz muitos sorrisos a muitas pessoas. 

Saborear o sabor do Ichiban Maguro pode muito bem ser a razão da sua próxima visita ao Japão!

Para mais informações, toda a equipa da Sushi Robots está à sua disposição. Não hesite em contactar a nossa equipa comercial.

E não hesite em seguir as nossas aventuras nas nossas redes sociais:

Subscrever a nossa newsletter